Sistema Famato
FAMATO
IMEA
       
Fale Conosco
 
   
 
 
16 de Abr de 2019

voltar
 
ATeG
Senar-MT realiza dia de campo de bovinocultura de leite em Itiquira e Pedra Preta
 
Dia de Campo na comunidade de Cerro Azul em Pontes e Lacerda
 

Nesta terça-feira (16.04) produtores de leite do bairro Goiás, no município de Itiquira se reúnem no sítio Apoena e os da comunidade rural do Birro, se encontram em Pedra Preta, na fazenda São Domingos para os Dias de Campo que estão sendo realizados pela Assistência Técnica e Gerencial (ATeG), do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT) e parceiros ao longo deste mês de abril.

Ao todo são 10 dias de campo. Na semana passada foram realizados seis, sendo dois em comunidades rurais de Pontes e Lacerda e os outros distribuidos para Vale do São Domingos, Mirassol D’Oeste, São José dos Quatro Marcos e  Salto do Céu. "Ao todo tivemos mais de 300 participantes. O objetivo é levar conhecimento e promover a troca de experiência que é primordial para os produtores", explica o coordenador de ATeG, do Senar-MT, Armando Urenha.

Composto por três estações, cada dia de campo aborda assuntos como o procedimento de higienização na sala de ordenha, viabilidade econômica da atividade e nutrição.  "O cuidado com a limpeza dos tetos da vaca e com a sala de ordenha são primordiais para elevar a qualidade do leite. São atitudes simples que fazem toda a diferença", destaca Urenha.

Outro assunto debatido é a viabilidade economia versus a produção. Mato Grosso ocupa o 9º lugar no ranking dos estados produtores de leite no Brasil, o que representa apenas 2,2% da produção brasileira. Apesar da posição não ser muito boa, os números mostram um mercado bastante promissor. Além disso, outros desafios como a falta de mão de obra qualificada também estão em pauta.

A nutrição é outro assunto em pauta. Os produtores têm a oportunidade de conversar sobre os critérios para a utilização dos concentrados, composição e a quantidade ofertada para os animais. A alimentação é considerada uma das coisas mais importantes na atividade. Primeiro tem que ter comida em abundância e, só depois, o produtor pode pensar em investir em outras coisas, como a genética e a estrutura da propriedade.

Confira a programação.

24/04 – (quarta-feira) - Carlinda  

26/04 – (sexta-feira) - Nova Ubiratã – Comunidade Santo Antônio do Rio Bonito - Sítio Jappe

 



Fonte: Assessoria de Imprensa/Senar-MT
 

VEJA TAMBÉM
Família assistida pelo Senar Tec Leite comemora aumento de 49,24% na produção de leite
Mutirão Rural acontece em cinco municípios na última semana de maio
Parceria garante estande interativo na Oeste Rural Show
Programa Campo Aprendiz forma mais 15 jovens em Campo Verde
 
Veja mais notícias

Buscar Cursos
 
 POR TIPO DE CURSO
 
 
  POR CIDADE
 
 
 
Formação Profissional Rural
 
 
Promoção Social
 
 
 
 
 
 
(65)3928-4800
SENAR-MT 2014 - Todos os direitos reservados
Política de Privacidade
senar@senarmt.org.br
 
Rua Eng. Edgard Prado Arze, sn, Qd 01
Setor A - Centro Político Administrativo
CEP 78.049.015 - Cuiabá-MT